Você foi o meu melhor



Ontem fui deitar e senti falta da sua respiração na minha nuca como em todas sextas feiras. A parte de dormir é a mais difícil. Não faz muito sentido se não tem você. Eu fico com frio nos braços e falta o seu para me aquecer. Como você falava, eu nem precisava de blusa de frio, porque tinha seu corpo para me esquentar. A gente sempre tinha o encaixe perfeito, eu me sentia protegida com você, sem riscos de pesadelos. Os finais de semana serão mais difíceis, especialmente os domingos. Domingo é dia de ficar na cama, sem ter hora para acordar, agarrados debaixo da coberta, dormindo, fazendo sexo, vendo os nossos seriados e só sair para comer. Fico pensando como serão meus domingos agora, meus dias sem o seu telefonema, sem as nossas mensagens, sem nossas dormidas no telefone... Eu sei que a gente vai se acostumar a ficar longe, a se falar de vez em quando apenas, e a se ver sabe Deus lá quando! Vou ser apenas uma de suas amigas, e você será mais um amigo. E eu vou sentir muita a falta sua, das suas babadas no meu braço quando capotava, do seu bafo de cachaça querendo me agarrar feito doido, dos nossos lugares de sexo inusitados, dos nossos choros e consolos, das nossas discussões e momentos bêbados, e de como no momento seguinte era como se nada tivesse acontecido, porque tínhamos um ao outro. Dos aniversários em família e de como sua casa também era a minha. Das vezes que você contava 3,2,1, para eu dar risada, e das vezes que me provocava e depois já fazia algo para eu rir... Quando falávamos o nome um do outro chamando a atenção. Nossas infinitas lutinhas e cosquinhas. De segurar sua mão e de noite entrelaçar o pé. Das conversas, da cumplicidade e da nossa confusão da qual a gente sempre se entendia. Só me enganei em uma coisa. As manhãs também serão doloridas. Acordar sem você cara a cara comigo, levantar sem ver um 'Morning' seu ou uma ligação me acordando...É como se estivesse por aqui de alguma forma. E tudo o que eu mais queria agora era te ver e não falar nada. Queria era só te abraçar e ficar com você. Mas sei la onde você está agora, talvez tá lendo o seu livro, ou na casa de um dos seus amigos, ou nos braços de alguma amiga sua, ou dormindo, não sei. Eu sei que te amo. E você é a última pessoa que eu queria perder nesse mundo. Porque você me conhece mais que eu mesma. Porque eu fui feliz com você. Porque é a pessoa que tá na minha cabeça quando eu acordo e vou dormir. Porque não tínhamos uma música, e sim um álbum inteiro. Eu jurava que você ia aguentar minha cabeça problemática e eu a sua. Dessa vez nos perdemos e não nos reencontramos. Eu espero ter deixado alguma marca de alguma forma, porque você deixou em mim. Você sempre se preocupa em ser um bom amigo, saiba que apesar da sua cabeça dura, você foi o melhor que eu tive. Não só amigo, mas o meu melhor. Te vejo nas esquinas da vida... 

Postar um comentário

0 Comentários